03 agosto, 2015

Exemplo de infográfico complementar


Este infográfico com alguns dados da pós-graduação brasileira pode ser considerado do tipo complementar, segundo a classificação de Teixeira (2007), pois acompanha uma matéria jornalistica, neste caso intitulada "O apagão das pesquisas científicas", que foi publicada recentemente na revista Istoé.

Teixeira (2007) analisou em profundidade os infográficos publicados durante dez anos em duas revistas brasileiras, e os dividiu em duas grandes categorias: enciclopédicos e  específicos. Os enciclopédicos são centrados em explicações de caráter mais universal como, por exemplo, detalhes do funcionamento do corpo humano; como se formam as nuvens; o que são bactérias, etc., enquanto que os infográficos específicos são mais singulares, sendo comuns, por exemplo, para explicar o que aconteceu em um acidente. Ambos os grupos estão divididos em independentes e complementares, em dependência de se aparecem acompanhando alguma matéria escrita ou não.

Vale dizer que Teixeira apresentou uma nova proposta de classificação com a inclusão da visualização de dados (RINALDI; TEIXEIRA, 2015), mas ainda é mantida a diferenciação entre complementar e independente segundo o tipo de relação com o texto jornalístico do infográfico ou da visualização de dados .

Em outros momentos veremos outras classificações de infográficos.

Referências
RINALDI, Mayara ; TEIXEIRA, Tattiana. Visualização da Informação e Jornalismo: proposta de conceitos e categorias. Revista Estudos de Jornalismo, n. 3, p. 106-121, fev. 2015. http://www.revistaej.sopcom.pt/ficheiros/20150209-revista_3.pdf

TEIXEIRA,  Tattiana. A presença da infografia no jornalismo brasileiro. Proposta de tipologia e classificação como gênero jornalístico a partir de um estudo de caso. Revista Fronteira. Estudos midiáticos, v. 9, n. 2, p. 111-120, 2007. http://www.revistas.univerciencia.org/index.php/fronteiras/article/viewArticle/5749

Nenhum comentário:

Postar um comentário